Depilação a laser

Se você faz parte do grupo de mulheres que sofre com os pelos, esse método pode ser a sua salvação.

A depilação a laser é um método de remoção progressiva por meio da energia luminosa do laser.

A luz do laser é atraída pela melanina do pelo, de forma que ele seja destruído e removido.

A energia da luz irá destruir ou retardar a capacidade do mesmo de se regenerar e crescer novamente.

Talvez alguns pelos não sejam removidos na hora, mas eles irão crescer de forma mais clara e fina.

Já pensou?! Aqueles fiozinhos que tanto nos frustram, quase invisíveis e fáceis de tirar.

E quanto mais escuro e grosso o pelo for, melhor vai ser o resultado no final da depilação.

Ela pode ser realizada em todas as áreas do corpo, sem prejudicar o local.

Existem apenas três locais onde o procedimento não é recomendado.

Sendo eles: na parte interior das orelhas, parte inferior das sobrancelhas e diretamente nos órgão genitais.

A depilação em locais como virilha, axilas, pernas, são super recomendadas.

E são essas as áreas com maior sucesso na hora de dar sumiço nos fios.

Quanto à dor, o desconforto vai depender bastante do seu tipo de pele.

Se você é mais sensível, o desconforto poderá ser maior.

Mas, no geral, a dor não costuma ultrapassar a sentida ao usar a gilete ou a cera.

A diferença poderá ser notada desde a primeira sessão, nos locais com falhas de pelo.

sessões de depilação a laser

A depilação a laser é feita por um profissional, ainda que não precise ser especificado.

Em média, a sua duração segue cerca de 6 sessões.

A cada nova sessão, alguns folículos são destruídos e não crescem mais.

Enquanto outros são danificados e possivelmente voltarão a crescer novamente, mesmo que mais fracos.

A cada repetição da depilação, os que restaram vão diminuindo até que não restem mais nenhum.

O ideal, segundo dermatologistas, é que as sessões sejam feitas a cada 30 ou 45 dias.

Cuidados na depilação a laser

Mesmo se você não tiver algo que contraindique o uso do procedimento, é preciso ter alguns cuidados.

Esses cuidados podem influenciar diretamente no resultado do tratamento se a pele não estiver pronta.

Eles devem ser considerados tanto antes, quanto depois do procedimento.

  • Ter a pele devidamente hidratada;
  • Não realizar depilação que arranque o pelo pela raiz dias antes da depilação a laser;
  • Não ter feridas abertas no local onde será feita a depilação e
  • Não estar bronzeada;
  • Evitar calor ou transpiração intensa.
Possíveis complicações

Seja pelas razões citadas acima, ou outras, as chances de haver complicações sempre existem.

Algo comum é, com o uso da técnica errada, haver queimaduras.

Algumas das outras principais complicações também são:

  • Hiperpigmentação e hipopigmentação (manchas escuras e claras);
  • Dor;
  • Vermelhidão;
  • Hipertricose paradoxal (o crescimento repentino dos pelos, em vez da redução);
  • Irritação;
  • Coceira;
  • Pequenas feridas na pele.

Caso você sinta algo após o procedimento, como ardência ou queimação, uma dica: compressas geladas.

Faça a compressa e deixe agir no local por 30 minutos, logo você irá sentir um alívio na região.

Mas isso é apenas para ajudar no momento, nunca deixe de consultar o seu especialista.

Algumas das principais dúvidas
Durante o tratamento, posso me depilar normalmente?

A depilação pelos meios mais comuns é permitida.

Mas o ideal é que você espere algumas semanas, entre quatro e seis, após o procedimento.

Posso tomar banho de sol depois da depilação?

Isso vai depender muito do tipo de laser usado na sua depilação.

Alguns laisers já permitem que você se exponha ao sol, enquanto outros apenas de forma moderada.

Esse tipo especial de laser age de uma forma que não mancha a pele quando exposta a muito sol.

Entretanto, ele costuma causar mais dor do que as sessões com o laser normal.

Os pelos podem voltar?

Sim, pois nem todos os pelos são ‘mortos’ durante a depilação, por não possuir melanina.

Alterações hormonais – como a menstruação – também podem ser razões para o surgimento de novos pelos.

O que pode acontecer é de você ficar com uma quantidade quase nula de pelos.

Como é característica do organismo se regenerar, os pelos irão crescer.

Mas quanto mais sessões você fizer, mais eliminado o pelo se tornará.

Quem pode fazer a Depilação a laser

A depilação a laser pode ser realizada por quase todos que se incomodem  a com gilete, a cera e outros métodos de remoção de pelos.

No entanto, quem tem a pele negra ou algum problema crônico, sempre acaba com preocupações a mais.

Hoje em dia não existe segredo para que se possa fazer a depilação a laser em pele negra.

Existem diversas novas tecnologias especiais para esse tipo de pele.

Laser convencionais podem ocasionar queimaduras se confundido a pele com o pelo.

Por isso existem os laser’s Yag e Alexandrita, que possuem um funcionamento mais específico para esse tipo de pele.

Contraindicações da depilação a laser

Não é que não se possa realizar o tratamento.

Mas em alguns casos, antes é preciso procurar um especialista e conversar com ele.

Alguns casos, como de doenças crônicas, podem possuir restrições e alguns riscos.

Por esse motivo, é sempre ideal procurar alguém que saiba te informar esses detalhes.

As maiores contraindicações da depilação a laser são:

  • Diabetes;
  • Hipertensão descontrolada;
  • Epilepsia;
  • Doença mental;
  • Gravidez;
  • Doenças de pele;
  • Feridas abertas no local da exposição ao laser;
  • Câncer.

depilação a laser preço

O preço da depilação a laser pode variar de acordo com a cidade e a clínica onde será realizada.

Na grande maioria das clínicas, o preço varia entre R$180 a R$800.

Ele vai depender muito do local de foco da depilação, e também do acompanhamento.

Quando você procura sobre depilação a laser, você encontra primeiramente diversos pacotes por esse preço.

Esses pacotes, em torno de R$200, já se iniciam contendo muitas sessões apenas nesse valor.

Essas promoções acabam saindo bem em conta, visto que em algumas clínicas esse valor se trata de apenas uma sessão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *